sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Festas à prova de "exageros"!!!



Entre corridas a lojas, shoppings e promoções, o Natal aproxima-se rapidamente e as férias da criançada também.
O que fazer com elas? Continuarem na escola, levá-las para workshops, ATL’s, casa dos avós ou férias para toda a família?
Que cuidados a ter com a alimentação numa época recheadas de doces, chocolates, bombons e “exageros”?
O Natal é alegria, família, convívio, muita confusão e stress e muitas vezes os cuidados com a alimentação são descurados, até porque nós, os pais, precisamos de “umas férias das rotinas”, e os tios, os avós, os padrinhos adoram “mimar” os mais pequenos com presentes, brinquedos, roupas e… muitos doces. 
Mas as crianças precisam de rotinas… rotinas alimentares e de sono, e apercebemo-nos disso quando estão demasiado agitados ao final da noite, quando o sono é tudo menos descansado e quando começam as dores de barriga, indisposições e as “dores de cabeça” para os pais reintroduzirem as rotinas.
Como passar esta época Natalícia sem grandes exageros, mas com alguma abertura a “mimos” e iniciar o Ano Novo sem alterações de fundo nas rotinas das crianças?
Alguns truques:
- Definir dias de Festa: não são 2 semanas de festa, são 4 dias… guardar guloseimas nos dias seguintes às festas, congelar as “sobras” ou partilhar com a restante família se a festa for em vossa casa (ter caixas descartáveis para dividir os bolos, doces e docinhos);
- Manter as refeições das crianças a horas certas, evitando grandes períodos de espera ou então não permitindo snacks todo o dia;
- Doces e guloseimas com quantidades máximas. Entrar em acordo com os avós para que não ofereçam muitos doces, nem todos de uma vez;
- Para snacks ter sempre disponível frutos secos como amêndoas, nozes ou avelãs, fruta desidratada como maçã, pêra, banana ou fruta fresca, idealmente em pequenas caixinhas ou sacos;
- Evitar ao máximo refrigerantes, prefiram sumos naturais não adoçados ou águas aromatizadas caseiras;
- Manter um pequeno-almoço saudável e bem estruturado;
- Não prescindir da sopa ao almoço e jantar, nem que tenham de a levar de casa;
- Manter as crianças ativas nos dias de festa! Aproveitar para passear a pé, andar na bicicleta nova, visitar os parques infantis ou os jardins se estiverem fora;

- Manter bons níveis de hidratação! Se as crianças beberem boas quantidades de água, para além de o apetite estar mais controlado, o organismo funcionará melhor e as crianças estarão menos irritadiças.
Não esquecer: mais doces, mais açúcar, mais refrigerantes e outras bebidas com cafeína podem alterar completamente o comportamento dos vossos filhos e as festas serão uma grande algazarra, difícil de controlar!

FESTAS FELIZES!

Sem comentários: