quarta-feira, 30 de setembro de 2015

De volta à calma!...

Avaliação final do almoço de ontem: a M. disse que a sopa estava deliciosa, o arroz ótimo e os calamares mais ou menos; o K. queixou-se da sopa, porque era "verde" e voltou a dizer que não gosta de salada, não fez comentários relativamente aos calamares... foi maior o meu medo de que não gostassem, mas até nem correu tão mal.

À noite, para o stress não se repetir, preparei tudo à exceção dos ovos (só os cozi hoje de manhã, para ficarem quentinhos e mais saborosos). Sopa pronta, brócolos cozidos e guardados, preparo então o couscous.

Um truque que aprendi com um vizinho há uns anos, para evitar que o couscous fique muito mole... colocar o couscous numa panela (1 chávena), temperar com sal e azeite (3 colheres de sopa) e misturar bem. Adicionar água a ferver, o suficiente só para cobrir o couscous, e tapar a panela para deixar absorver a água e cozer com o vapor (mais ou menos 5 minutos). Mexer com um garfo para soltar o couscous... e está pronto para comer ou guardar.

Nota: para dar um toque oriental, adicionar um pouco de caril ou açafrão juntamente com o azeite, antes de adicionar a água.

Hoje, juntei o couscous, os brócolos, o ovo cozido, milho para a M. e azeitonas... Bom apetite!!!

Ementa de hoje: Sopa de feijão verde + Couscous com brócolos e ovo cozido + uvas


terça-feira, 29 de setembro de 2015

Quando corre mal!!!!

Há dias e dias... Hoje foi um dia menos bom. Menos bom porque que me esqueci de preparar as coisas na véspera (fiz apenas a sopa e pus as argolas de pota a descongelar), menos bom porque acordei 30 minutos depois do ideal e menos bom porque os calamares não saíram como de costume.

Mas até os dissabores devem ser partilhados, porque os erros acontecem e temos de aprender com eles e evoluir!!!! Mesmo assim, fiquei a manhã toda a pensar como iriam reagir a M. e o K. ao almoço. Só saberei logo à tarde.

De manhã, no reboliço das panelas, chaleiras e marmitas apercebi-me que não tinha feito o arroz de tomate e tinha 15 a 20 minutos para o fazer. Juntei então 2 tomates picados e um dente de alho numa panela com azeite deixei cozinhar 5 minutos. Depois adicionei uma chávena de arroz basmati e 2 chávenas de água a ferver e deixei cozinhar mais 10 minutos, temperando com sal. Feito!!

O polme dos calamares foi feito com 2 ovos, 100ml de leite e 2/3 chávena de farinha sem fermento e sal. As argolas foram temperadas primeiro com limão, depois passadas pelo polme e num tabuleiro, em cima de papel vegetal, colocadas para ir ao forno, cerca de 10 minutos a 190ºC. Nada satisfeita com o resultado, mas tive de colocar tudo nas marmitas e enviar para a escola... Provei, sabem bem, mas o aspecto é pouco apelativo, vamos ver como correu mais tarde...
Esta receita é para repetir as vezes necessárias, até chegar ao ideal (claro que se fossem fritos, a massa ficava com ar e ficavam mais bonitos, mas eu quero bonito e saudável).

Ementa de hoje: Creme de espinafres + Calamares com arroz de tomate e salada + ameixas

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Nova semana... novas "marmitas"...

Bom dia!!!

Mais um fim de semana, que é tudo menos pacífico. Não sei como será por aí, mas cá em casa, entre natação da criançada, idas ao parque, brincadeiras no jardim, brincadeiras com os amigos, jantaradas, arrumações, compras e sessões de culinária... é sempre bom chegar a segunda-feira para "descansar" um pouco.

Domingo na cozinha... resultado: almoço de hoje + sopa + mais preparação dos legumes para as sopas de amanhã e quarta-feira.

Manhã de hoje, toda a gente muito ensonada, mas tudo pronto a horas para a Escola... Ups!!! A salada ficou esquecida... acho que o K. vai ficar feliz com o esquecimento.

Ementa de hoje: Creme de ervilhas + Esparguete com frango (receita) + maçã


Esparguete com frango estufado

Ingredientes:
2 coxas de frango sem pele
1 peito de frango aos pedaços
4 tomates pequenos
1/2 cenoura ralada
1/4 cebola picada
1 dente de alho picado
3 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de vinho branco
125g de esparguete integral
sal q.b.

Modo de preparação:
Juntar a cebola, a cenoura, os tomates, o dente de alho, o frango e o azeite num tacho e deixar cozinhar 5 minutos. Adicionar o vinho e o sal e cozinhar mais 5 minutos. Juntar água a ferver e a massa e deixar cozinhar 12 a 14 minutos (a massa integral precisa de mais tempo de cozedura). Retificar os temperos.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Semana 27 de Setembro a 2 de Outubro

Mais uma semana à porta, ementa definida... ainda sem repetir pratos principais...

Segunda-feira: Creme de ervilhas com coentros + Esparguete com frango estufado + salada

Terça-feira: Sopa de espinafres + Calamares caseiros no forno + arroz de tomate + salada

Quarta-feira: Sopa de feijão verde + Couscous com brócolos e ovo cozido

Quinta-feira: Creme de legumes + Redfish no forno com batatinhas + salada

Sexta-feira: Creme de alho francês + Bifinhos de frango com feijão preto e arroz + salada


Listas de compras, receitas, panelas e reboliço na cozinha... vem aí o fim de semana!!!
Fonte: https://flygirlsatflyboy.files.wordpress.com/2011/04/full-shopping-cart-158588.jpg

Sexta-feira... última marmita da semana!!!

A manhã de hoje também correu sem sobressaltos, com tudo pronto na véspera... a sopa, os rolinhos de perú recheados e o arroz branco.

Sem receita certa para os rolinhos de perú, fiz às cegas, comprei bifinhos extra finos, temperei com um pouquinho de sal, coloquei folhas de espinafres e queijo mozzarela ralado, enrolei os bifes e prendi com palitos. Temperei com azeite. Numa frigideira anti-aderente selei um pouco a carne e coloquei-a num pirex... Juntei aos sucos que ficaram na frigideira alguma polpa de tomate e um pouco de água e deixei cozinhar 2 a 3 minutos. Juntei à carne e coloquei no forno cerca de 15 minutos. Provei... não ficou nada mal!!!


Sem pressas, tudo quentinho, guardado e à porta, à espera da criançada, que já denuncia o cansaço de final da semana, o K. insiste em perguntar: Vou para a escola hoje? ... Sim... Outra vez??? Tantos dias seguidos???... É só mais o dia de hoje, amanhã ficamos em casa... IUPI!!!! E lá foi ele todo contente porque o fim de semana está quase a chegar!!!...

Ementa de hoje: Sopa de feijão verde + Rolinhos de peru recheados + arroz + salada + pêra

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Mais um dia...

Hoje, tudo calmo, sem grandes pressas nem incidentes... a comida pronta, quentinha e guardada nos termos, todos lá em casa despachados a horas sem alvoroço... Ficou na cozinha um cheirinho a bacalhau (receita)

Ementa de hoje: Sopa de feijão encarnado e couve + Bacalhau com natas e brócolos + ameixas

Nota: A sopa teve de virar creme, porque os feijões e as couves ainda não são muito do agrado da M. e do K. nas sopas.

Entretanto cabeça a mil a pensar na ementa da próxima semana, vou tentar não repetir pratos... qualquer dia candidato-me ao Guiness, como a mãe que mais variou nos almoços para a escola... Amanhã dou notícias...

Bacalhau com natas... mas pouco!

Como redesenhar uma receita com sabores bons e tipicamente portugueses e transformá-la em algo igualmente saboroso, mas mais saudável...
Troquei as voltas, batata cozida em vez de batata palha, leite evaporado em vez de natas e bechamel, cenoura ralada para dar côr e juntei brócolos porque a criançada gosta e assim misturada é um bom truque para levá-los a comer legumes.



Para 4 a 6 pessoas:

Ingredientes:

800g de bacalhau fresco, congelado e desfiado
1/4 cebola picada
1 cenoura pequena ralada
6 batatas de tamanho médio
2 ovos
1 brócolo
1 pacote de leite evaporado (6% matéria gorda)
1 pacote de molho para bacalhau e outros peixes (20% matéria gorda)
azeite q.b.
sal (muito pouco ou nenhum, ter em atenção que o bacalhau tem sal e o molho de peixe também)

Modo de preparação:

Descascar as batatas, cortá-las apenas ao meio e cozer em água com um pouco de sal. Aproveitar e cozer também os ovos previamente lavados. Escaldar os raminhos de brócolos 5 minutos.
Numa frigideira anti-aderente grande, colocar a cebola, a cenoura e o azeite. Deixar a cebola ficar transparente e adicionar o bacalhau descongelado. Cozinhar 5 a 10 minutos... atenção não deixar secar o bacalhau! Reserve.
Numa travessa dispôr o bacalhau, os brócolos e rodelas de batata... adicionar o leite evaporado. Fazer mais uma camada de bacalhau, brócolos, rodelas de batata e rodelas de ovo por último. Juntar o molho para bacalhau e gratinar a 190ºC...

Bom apetite!

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Multitarefas... nunca foi o meu forte!!!

O despertador toca, snooze, volta a tocar... atraso na certa!!! Acordo, tenho os meus 5 minutos de "paz" antes do K. acordar e começar a debitar pedidos, entre pequeno-almoço, desenhos animados, "mantinha" para tapar... hoje vai ser difícil!!!!!

Na cozinha a água já ferve para cozer o esparguete, as almôndegas já estão descongeladas (foram feitas no domingo) (receita) e numa frigideira anti-aderente pequena faço um molho de tomate.

Receita do molho de tomate: 1 tomate picado, meia cenoura ralada, meio dente de alho, 1 colher de sopa de azeite, 2 colheres de sopa de polpa de tomate,meia colher de chá de açúcar amarelo e 1 colher de sopa de vinho branco - deixar cozinhar até o álcool evaporar e o tomate e a cenoura ficarem quase desfeitos... para quem gostar adicionar mangericão ou oregãos.

Tudo pronto, aquecido e guardado... para salada hoje temos pedidos especiais: a M. só quer tomate e cenoura e o K., que não gosta nada de salada, que está ainda na fase de aprendizagem/adaptação, prometeu que comeria um "bocadinho" de salada de alface e tomate, se fosse cortada muito pequenina...
Temos de ceder aos caprichos, negociar, para que no futuro a relação das crianças com a comida seja o mais saudável possível.

Ementa de hoje: Creme de legumes + Almôndegas no forno com esparguete e salada + maçã



Afinal já domino as multitarefas. Tudo pronto e a horas!!!

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Manhã mais calma... tudo pronto na véspera!!

Hoje a manhã foi bem mais calma... a sopa feita no domingo e o prato com o acompanhamento feito ontem...

O empadão de atum foi posto no forno a "tostar" um pouco (receita) e aproveitei o forno para cozinhar o salmão para o jantar. Brócolos a cozer (nunca mais de 5 minutos e passar logo por água fria, para não ficarem moles), que serviram também de acompanhamento para o jantar.
Jantar pronto na mesa e almoço já guardado no frigorífico...

De manhã, e sem correrias, tomei o meu pequeno-almoço antes de acordar "a casa", aqueci os termos, a sopa e o prato, guardei tudo nas "marmitas" e fui despachar a criançada... Tudo no carro e a caminho da escola!!!

A M. entretanto começar a conversar:
"Mamã?! Podes-me ajudar a levar o saco térmico para o refeitório? Sabes?! Até já tenho sítio com o meu nome para guardar o saco do almoço!!!" Agora, não há volta a dar, o local com o nome da M. tem de ter sempre o seu saco com saborosas comidinhas!!!...

Ementa do dia: Creme de ervilhas e coentros + Empadão de atum com arroz e brócolos + uvas sem grainhas

Empadão de atum com arroz

Para 4-6 pessoas

Ingredientes:
1 tomate (sem pele, picado)
1 dente de alho picado
1 cenoura ralada
1 colher de sopa de azeite
2 colheres de sopa de vinho branco
3 latas de atum em azeite bem escorridas
1 + 1/2 caneca de arroz basmati
3 canecas de água
sal e azeite q.b.

Modo de preparação:
Começar por fazer o arroz branco (eu utilizo o meu Tupperware preferido, a Microarroz: coloco o arroz, a água, tempero com sal e azeite e ponho no micro ondas durante 11 minutos e meio) e reservar.
Numa frigideira grande anti-aderente, colocar o alho, o tomate, a cenoura e o azeite. Cozinhar 1 a 2 minutos e adicionar o vinho. Deixar evaporar o álcool. Juntar o atum e cozinhar mais 5 minutos.
Num pirex colocar primeiro o atum e depois juntar o arroz por cima. Levar ao forno mais ou menos 20 minutos (até o arroz ficar ligeiramente tostado).
Pode juntar azeitonas pretas para guarnecer...

Nota: Na mistura do atum, se gostarem podem adicionar milho, courgette ou mesmo brócolos... Eu sirvo normalmente à parte, porque a criançada cá de casa não gosta de muita mistura...

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Domingo acelerado, cozinha em polvorosa...

Ontem à tarde a cozinha virou um campo de batalha, entre panelas, travessas, facas, descascador, legumes, carne... tanto assim que com a sopa já pronta apercebi-me que tinha feito o creme de ervilhas em vez da sopa de brócolos, mas não baixei os braços, nova panela ao lume, desta vez com os brócolos, a courgete, a abóbora, a cebola e um pouco de cenoura... 30 minutos depois... sopa de brócolos feita!!!

E tal qual uma SUPER MULHER, fiz ainda o Frango com limão (receita) e aproveitei o forno ligado e "despachei" as Almôndegas (receita). Acompanhamento já pronto também...

É hora de jantar: sobrou um pouco de carne para almôndegas que virou hambúrgueres, com arroz branco, salada e a sopa de brócolos também já terminada foi aproveitada para o jantar!!! Ufa... o dia terminou...

Hoje, tudo quentinho e guardado e pronto para a escola!!!

Ementa de hoje: Sopa de brócolos + Frango com limão e puré + salada + maçã


Boa semana!!!

domingo, 20 de setembro de 2015

Almôndegas no forno

Para 22 almôndegas de tamanho médio!!!

Ingredientes:
600g de carne de vaca picada
1 ovo
2 colheres de sopa de fios de bacon
3 colheres de sopa de queijo mozzarella ralado
3 a 4 colheres de sopa de pão ralado
sal e pimenta q.b.

Modo de preparação:
Temperar a carne com sal e pimenta. Adicionar o ovo, o bacon, o queijo e mexer bem (com as mãos, para garantir que o ovo fica bem misturado). Juntar o pão ralado e voltar a mexer. Fazer bolas de carne do tamanho de uma bola de golf, mais ou menos. Colocar num tabuleiro e no forno a 165ºC, durante 20 minutos.

Podem ser servidas assim ou fazer um molho de tomate para acompanhar.

Nota: Para quem gosta, salsa picada na mistura da carne fica muito bem!!!

Frango com limão

Ingredientes:
1 frango (1,5kg) inteiro
1 limão
1 cenoura cortada aos pedaços
1/2 cebola às rodelas
1 dente de alho às fatias
3 colheres de sopa de azeite
100ml de vinho branco
sal q.b.

Modo de preparação:
Colocar num pirex a cebola, o alho, a cenoura e o frango. Fazer pequenos sulcos com uma faca na casca do limão e colocá-lo dentro frango junto com algumas rodelas de cebola e algumas fatias de alho. Temperar com sal, azeite e adicionar o vinho.
Cozinhar no forno, a 165ºC, durante 2 horas a 2 horas e meia, e nos últimos 15 minutos subir para 200ºC. Ir virando o frango durante a confeção.

Truque: Barrar o frango, por baixo da pele, com sal, azeite e alho...

Bom apetite!!!

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Ementa de 21 a 25 de Setembro... tentar não repetir!!!

Desafio pessoal para a  terceira semana: não repetir pratos principais... nas sopas já é mais complicado, mas algumas variações diferentes na próxima semana.

Segunda-feira: Sopa de brócolos + Frango com limão com puré e salada

Terça-feira: Creme de ervilhas e coentros + Empadão de atum com arroz e brócolos

Quarta-feira: Sopa de legumes + Almôndegas no forno com esparguete e salada

Quinta-feira: Sopa de feijão encarnado e couves + Bacalhau com natas e brócolos

Sexta-feira: Sopa de feijão verde + Rolinhos de perú com espinafres e mozzarella e arroz e salada

Entretanto lista de compras já a ser preparada, receitas a assentar e... BOM FIM DE SEMANA!!!

Mudança de planos...

Ontem cheguei a casa já com crianças e sem compras feitas, por isso, tive de adaptar a ementa de hoje ao que havia...

A sopa de legumes foi feita com a base para a sopa de feijão verde que tinha ficado congelada e juntei mais um talo de brócolos e algumas vagens de feijão verde... tudo a cozer, temperar no final com sal e azeite, passar e guardar no frigorífico.

A lasanha foi feita com massa fresca para lasanha, que deixei de molho em água a ferver 5 minutos, para amolecer um pouco, e para o recheio foi utilizada a carne à bolonhesa da semana passada que foi logo congelada a pensar neste prato (receita)... Sem molho bechamel (nem de compra, nem caseiro), porque a criançada não gosta de grandes misturadas nem molhos, utilizei apenas natas "light" e queijo mozzarella ralado para fazer 2 camadas de massa e mistura de carne... No forno, tapado com papel de alumínio para não tostar demasiado rápido, deixei cozinhar a 190ºC durante cerca de 25 minutos. Guardei no frigorífico!

Hoje já tudo quentinho, guardado e pronto...

Ementa de hoje: Creme de legumes + Lasanha + Salada + Banana


Fim de semana à porta, mais receitas, compras e horas na cozinha!

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

"Cestinho" de hoje

A sopa, o puré e os rolinhos de solha (receita) ficaram prontos ontem. Hoje de manhã cozinhei só as ervilhas (receita).

Como o peixe não dava para 4 pessoas, resolvi aproveitar as ervilhas e antes do final da cozedura, coloquei 2 ovos a escalfar junto com as ervilhas... assim as crianças levam o peixe e as ervilhas e eu e o meu marido ficamos com os ovos escalfados... Otimização de recursos e produtos alimentares!!!

Tudo pronto, guardado e a caminho da escola...

Ementa de hoje: Creme de espinafres com grão + Rolinhos de solha com puré e ervilhas + uvas




Ervilhas "estufadas"

Como fazer um acompanhamento prático, rápido, saudável e saboroso?

O truque para ser saudável é colocar todos os ingredientes ao mesmo tempo, não deixando o azeite aquecer muito.

Ingredientes:
Ervilhas baby congeladas (1 pacote pequeno)
1 dente de alho
1 colher de sopa de vinho branco
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1/2 colher de sopa de azeite
sal q.b.
oregãos (se gostarem)

Modo de preparação:
Colocar as ervilhas ainda congeladas numa panela, juntar o azeite, o alho, o vinho, a polpa de tomate,o sal e 1/4 de copo água. Deixar cozinhar durante 15 minutos. Retificar temperos.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Rolinhos de solha no forno

Para 4 pessoas

Ingredientes:
6 filetes de solha
1 limão
1 a 2 dentes de alho
meio pacote de folhas de espinafres
sal q.b.
pimenta q.b.
azeite q.b.

Modo de preparação:
Temperar os filetes com sumo de 1 limão, sal, pimenta e azeite. Reservar.
Saltear os espinafres com 1 colher de sopa de azeite e alho.
Colocar um pouco de espinafres em cada filete, enrolá-los e embrulhar em papel de alumínio.
Cozinhar no forno durante 15 minutos.

Nota: O recheio pode ser dos legumes que quiserem ou que tiverem disponíveis. 



Acompanhar com puré e ervilhas.

E quando nos atrasamos...

Ainda bem que ontem decidi tratar logo do almoço de hoje, pois
acordei em cima da hora, mas lá consegui fazer a "marmita"...

Então ontem, como tinha ainda muito creme de cenoura, adaptei-o para sopa de feijão verde (nada se desperdiça) e a base da sopa congelada ficou assim guardada para outro dia.
Enquanto jantava, a o strogonoff (receita) já estava a marinar e o arroz de cenoura a ser feito. Com a criançada já na cama foi tempo de colocar o strogonoff no micro ondas e 20 minutos depois estava pronto. Tudo foi bem acondicionado e guardado no frigorífico... Hora de ir dormir!!!

Hoje, um pouco apressada, pus os termos a aquecer, a salada a desinfetar, aqueci a sopa, o arroz e o strogonoff e guardei tudo bem guardado.

Ementa de hoje: Sopa de feijão verde (passada) + Strogonoff de frango light + Arroz de cenoura + Salada + Banana

Beijocas, beijocas e bom dia de escola!!!!

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Strogonoff de frango - "versão light"

Outra maravilha da Tupperware é a Microcook, um tupperware de plástico rígido específico para cozinhar no micro ondas permite fazer pratos como strogonoff, caril, caldeirada ou até mesmo um rápido e saboroso bolo de chocolate. O ideal deste tupperware é que se reduz muito as gorduras adicionadas, não necessita de muita água, pois cozinha quase a vapor e normalmente os igredientes são colocados todos ao mesmo tempo.

Mas hoje ficamos pelo strogonoff de frango, que eu adaptei, para uma versão mais light... truque, em vez de natas utilizar leite evaporado da Nestlé (especial culinária) ou 1 iogurte natural.

Strogonoff de frango - 4 pessoas

Ingredientes:
500g de bifes de frango (corte para strogonoff)
1/4 de cebola fatiada
1 dente de alho
1 folha de louro
2 colheres de sopa de molho de tomate
1 lata pequena de cogumelos fatiados
1 iogurte natural ou 1 pacote de leite evaporado da Nestlé
1 colher de sopa de azeite
sal q.b.
pimenta ou cominhos q.b.

Modo de preparação:
Colocar a carne, a cebola, o alho, o molho de tomate, a folha de louro, o azeite, sal e pimenta e o iogurte na Microcook. Misturar tudo e deixar marinar 1 a 2 horas no frigorífico.
Levar ao micro ondas, na potência máxima, cerca de 15 minutos. A meio do processo mexer e se necessário juntar um pouco de água (em princípio não precisa).
Juntar os cogumelos já escorridos e cozinhar mais 5 minutos. Deixar repousar.

Acompanhar com arroz de cenoura.

O almoço de hoje foi feito de manhazinha....

Ontem à tarde foi uma grande confusão, telefonema da escola a dizer que o K. está doentinho, agendar consulta de urgência com o Pediatra, ir ao Pediatra e chegar a casa tarde, com instruções para deixar o pequenote em casa até quinta-feira... Só consegui pôr a sopa a fazer, tratar dos banhos, do jantar e deixei o almoço para hoje...

De manhã bem cedo comecei a preparar o almoço... nada mais fácil do que um cozido, em particular cozinhado ao vapor nesta "panela elétrica" da Tefal. Há eletrodomésticos que compramos num impluso e que depois servem apenas para decoração, mas este não. Adoro este eletrodoméstico, tem temporizador, várias divisórias para diferentes alimentos e consegue manter os alimentos quentes ainda algum tempo. Preparei as batatas, os brócolos, os ovos e os mimos de pescada e coloquei-os a cozer a vapor durante 20 minutos. 
Tempo mais do que suficiente para preparar a M. para o primeiro dia de aulas a sério, dos pequenos almoços e entretanto para aquecer os termos, a sopa e preparar o "cestinho" da M.. O almoço do resto da família também já ficou pronto. 

Ementa de hoje:
Creme de cenoura + Pescada com ovo, batata e brócolos + maçã


Hoje é dia de mimos extra para o K., para rápida recuperação...

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Domingo em revista

Ontem, dia chuvoso, ótimo para ficar por casa e começar a preparar a semana.



As sopas até quarta-feira ficaram adiantadas... a de hoje, sopa de alho francês, foi logo cozinhada, temperada e guardada no frigorífico; as de terça e quarta-feira, preparei os legumes e utilizando sacos de conservação, congelei-os de imediato. Assim, quando chegar ao final da tarde a casa é só por a cozer os legumes da sopa para o dia seguinte.


Entretanto fui preparando a carne para estufar... truque: deixar a carne marinar durante algumas horas com vinho tinto, sal, pimenta, alho e louro...


Depois de marinar, passar a carne, cortadas em cubos, por farinha sem fermento (pouca), salteá-la ligeiramente, com pouco azeite e durante 1 minuto ou 2, reservá-la...


Colocar cebola, alho, cenoura e azeite, deixar a cebola ficar transparente, juntar a carne e adicionar o vinho da marinada. Deixar cozinhar 5 minutos, juntar um pouco de polpa de tomate e água a ferver. Cozinhar em lume brando durante 1 hora, mais ou menos... adicionar 1 chávena de ervilhas baby congeladas e retificar os temperos. Repousar... Que cheirinho bom!!!

O arroz de acompanhamento foi feito hoje de manhã, entre aquecer água, termos, banhos, pequenos-almoços, dá tempo para fazê-lo...

Tudo guardado e pronto...

Mais uma semana a começar.



sábado, 12 de setembro de 2015

Sopas e sopinhas II - combinações da próxima semana

Tento sempre que as minhas sopas sejam práticas, simples e de rápida preparação, por isso, os sabores vão variando apenas em função dos legumes que escolho.

Para fazer os cremes, junto todos os legumes com água e deixo cozer, adiciono sal antes de passar a sopa e azeite bem no final da cozedura.

Para sopas com pedaços de legumes, faço a base, passo os legumes, adiciono os legumes depois com o sal e azeite só no final.

Para a próxima semana as combinações serão:

Sopa de alho francês - alho, courgete, abóbora, cenoura, alho francês

Creme de cenoura - cebola, alho, batata doce, courgete, cenoura

Sopa de feijão verde - cebola, alho, courgete, abóbora, cenoura, feijão verde

Creme de espinafres com grão - cebola, alho, grão, abóbora, cenoura, espinafres

Creme de legumes - cebola, alho, talo do brócolo, courgete, cenoura, abóbora, couve portuguesa

Nota: Quando comprarem os legumes, preparem-nos logo, dividam por sopas e por sacos de congelação devidamente identificados, para depois serem utilizados durante a semana. Assim não haverá desperdícios e os legumes manterão todas as suas qualidades.

BOAS SOPAS!!!!!


sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Ementa de 14 a 18 de Setembro

Na próxima semana,  tentando não repetir a ementa, vou variar um pouco os legumes nas sopas e aproveitar carne à bolonhesa de hoje, entretanto congelada para uma das refeições, e, já agora, rentabilizar o domingo para preparar a maioria dos pratos a ter disponíveis na próxima semana.

Então teremos:

Segunda-feira: Sopa de alho francês + Carne de vaca estufada + arroz + salada

Terça-feira: Creme de cenoura + Pescada cozida com ovo + batatas + brócolos

Quarta-feira: Sopa de feijão verde + Strogonof de frango + arroz de cenoura + salada

Quinta-feira: Sopa de espinafres com grão + Rolinhos de solha no forno + puré + ervilhas

Sexta-feira: Creme de legumes + Lasanha + salada

Quanto à sobremesa, vou variando a fruta, conforme a que tenha disponível, e um dia destes vou brindá-los com um pequeno miminho...

Vamos às compras!!!...

Creme de brócolos

Adoro esta sopa, pelo sabor e pelo fato de conseguir utilizar os talos dos brócolos para puré, que substituem muito bem as batatas ou leguminosas.

Para 4 pratos:

Ingredientes:
1 flôr de brócolos + 1 talo
1/2 cebola
1 dente de alho
1 courgette média
300g de abóbora
sal q.b.
azeite q.b.

Modo de confeção:
Cortar os legumes e colocar numa panela, tapá-los com água e deixar cozinhar até os legumes ficarem moles. Juntar sal e azeite no final da cozedura. Passar a sopa.

Experimentem!!!

E para final da semana...

Final da semana... a filhota toda contente porque leva a comida, o filhote não se queixa, apenas reclama com a salada, pois ainda está na fase da adaptação, mas tem de se insistir.


Para o hoje levam creme de brócolos (adoro esta sopa e eles também), esparguete à bolonhesa com espinafres e ameixas.


A carne picada preparei ontem, com cebola, alho, tomate e cenoura e espinafres picados muito fininhos para a criançada não se aperceber e um truque... juntar açucar amarelo e um toque de vinagre. Horas e horas a ver programas de culinária finalmente deram frutos, sinto-me uma verdadeira profissional na cozinha.
O esparguete cozinhei hoje em água, sal e azeite e depois de cozido e escorrido, juntei mais um fio de azeite para não colar.

As ameixas já estão escolhidas!

Tudo bem guardado e a caminho da escola!!!

Agora, a próxima semana começa já a ser preparada...



quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Preparação e armazenamento de alimentos

Desde a preparação dos alimentos, manipulação de produtos almentares, confeção ao armazenamento devemos ter em conta alguns princípios básicos de higiene, quer pessoal quer dos utensílios de cozinha, regras de manipulação e conservação, para eliminar riscos de doenças de transmissão alimentar.

Os produtos hortícolas, os legumes e os frutos que sejam ingeridos crús e com casca, devem ser sempre desinfetados, depois de bem lavados, com produtos específicos ou com uma solução de 10 gotas de lixívia para um litro de água, durante 15 a 20 minutos. E depois voltar a passar por água corrente. (Nota: os agriões, mesmo desifentados, continuam muitas vezes a ser veículo de microorganismos patogénicos mais resistentes, logo deve ser evitado o seu consumo crú)

Durante a preparação dos ingredientes não deve juntar alimentos crús com alimentos confecionados, nem alimentos de origem vegetal com alimentos de origem animal, evitando assim contaminações.

Todos os pratos que usem ovos na sua confeção, se não forem logo consumidos devem ser imediatamente refrigerados, nunca deixados à temperatura ambiente, para evitar o risco de multiplicação de salmonelas, muitas vezes presentes nos ovos.

Nunca deixar pratos acabados de cozinhar ou preparar à temperatura ambiente. O "morno" é a temparatura a evitar nas cozinhas, pois é no "morno" que os microorganismos patogénicos se multiplicam. Se não forem logo consumidos, os alimentos devem ser mantidos ou muito quentes (acima de 60ºC) ou refrigerados de imediato a temperaturas inferiores a 10ºC.

Nunca conservar alimentos cozinhados junto de alimentos crús, pois há maior risco de contaminação.

A carne deve ser sempre bem cozinhada.

O reaquecimento deve ser bem feito, para eliminar microorganismos que tenham aparecido.

Um produto descongelado não deve ser congelado outra vez.

Respeitar sempre prazos de validade e normas de acondicionamento e conservação.
(Nota: nos enlatados, mesmo que estejam dentro do prazo de validade, se apresentarem a tampa abaulada ou libertarem gás aquando da sua abertura, devem ser rejeitados, pelo risco de botulismo, doença grave e muitas vezes mortal)

Fonte: "Manual para uma alimentação saudável em Jardins de Infância" - Direção Geral de Saúde (httpp://www.dgs.pt/) 

Dia de peixe...

Preparar pratos de peixe, que possam ser feitos na véspera e mantenham o sabor no dia seguinte não é fácil, mas se preferirmos estufados ou assados, corre sempre bem.

Para este "cestinho" escolhi fazer uns filetes de pescada (prefiro de solha, mas não havia) no forno, o que me dá liberdade para ir tratando de outras coisas, quer na cozinha, quer com as crianças.

Numa travessa de ir ao forno coloquei cebola fatiada, alho, cenoura ralada, os filetes de pescada descongelados (também podem ser colocados ainda congelados), temperei com sal azeite e sumo de limão e tapei com papel de alumínio e deixer cozinhar a 160ºC, durante 20-25 minutos e mais 5 minutos destapado (os tempos de cozedura podem variar em função do forno que temos, se foi pré-aquecido, por isso, são valores médios).
Enquanto o peixe ficou no forno, fiz o creme de espinafres, tratei do jantar e decidi fazer o arroz de ervilhas no dia seguinte de manhã.

De manhã, preparei os termos, aqueci-os e fiz o arroz de ervilhas utilizando o Tupperware Microarroz. Coloquei o arroz, a água, o azeite e sal, deixei cozinhar no micro-ondas 8 minutos e depois adicionei as ervilas congeladas e deixei cozinhar mais 4 a 5 minutos. Repousou e depois foi só colocar no termo.



Bom apetite filhotes!!!


quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Hoje o acompanhamento é à escolha... puré ou arroz

Ainda não acertei no sabor do puré de batata que agrade à minha filha, por isso, neste aspeto, cedo ao capricho e faço arroz para ela. Estou ainda à espera que ela me traga a receita da escola, uma vez que é o único puré que come... vamos ver se algum dia conseguirei replicá-lo.

Ficou tudo pronto de véspera, bem acondicionado e guardado no frigorífico, à exceção do arroz, que fiz hoje de manhã,... com um dos meus Tupperware preferidos... a Microarroz.
É um Tupperware que foi desenhado para ser usado no micro-ondas e muito fácil de usar. As medidas são as mesmas para a receita do arroz branco: 1 dose de arroz para 2 doses de água. Junta-se tudo na Microarroz, adiciona-se sal e azeite e leva ao micro-ondas, na potência máxima, mais ou menos 12 minutos. Normalmente eu uso arroz Basmati ou Thai e deixo cozinhar 11 minutos e 30 segundos. Fica sempre solto e bom.

A ementa de hoje:

Sopa de feijão verde + Coxas de frango em tomatada + puré + salada + pêssego

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Sopa de repolho e feijão branco

Para 4 doses

Ingredientes:
1/2 cebola média
1 dente de alho
1 courgete média
1 chávena de feijão branco cozido
2 a 4 cenouras
250g de abóbora
1/4 de repolho em juliana
azeite q.b.
sal q.b.

Modo de preparação:
Cortar a cebola, o alho, a courgete, as cenouras e a abóbora em pedaços pequenos e colocar na panela, juntamente com o feijão. Cobrir com água e cozer em lume alto.
Quando cenoura estiver amolecida, passar a sopa. Temperar com sal.
Colocar o repolho em juliana e alguns feijões se gostar e deixar cozer mais um pouco.
Retificar o tempero e adicionar azeite no final.

Mais um "cestinho" pronto...

A ementa já estava decidida e as compras foram feitas durante o fim de semana.


Na véspera, com "grande poder de organização", entre jantar e banhos, lá consegui tratar do almoço do dia seguinte... grande vantagem: agora, sem desculpas, tenho também almoço para mim e para o meu marido.
Comecei a prepara os legumes para a sopa, que por ser de feijão e repolho, para os disfarçar teve de virar creme... Enquanto os legumes iam cozendo, coloquei os lombos de salmão no forno (faço sempre assim, otimizo o meu tempo e a cozinha não fica com cheiro a peixe), e entretanto mais duas panelas no fogão, uma com fettuccine e outra com brócolos.
Final da noite- tudo pronto e devidamente acondicionado, guardado no frigorífico para o dia seguinte!!!!

Já de manhã, a água a ferver é colocada nas caixas e nos termos, durante mais ou menos 5 minutos, antes de colocar a comida. E não esquecer de aquecer bem a sopa e a refeição, para garantir que os filhotes comem a comida quentinha...

Tudo bem guardadinho, dentro de sacos térmicos prontos para levar para a escola...

Ahhh... a criançada também já está pronta para ir!!!

Ementa do dia:  Creme de feijão e repolho + Fettuccine com salmão e brócolos + Uvas brancas



Cozinha saudável

O ato de cozinhar, permite transformar produtos alimentares naturais, que não podem ser consumidos crús (por segurança alimentar ou por baixa digestibilidade), em produtos comestíveis, seguros e de fácil digestão, idealmente com aspeto mais apelativo, melhorando texturas e sabores.

A alimentação deve ser, e em particular para as crianças, visualmente apelativa, onde se possam distinguir cores e aromas, saborosa, saudável e nutritiva.

Alimentos de boa qualidade e em bom estado de conservação

A confeção começa pela escolha dos produtos alimentares... se não tiver produtores locais de confiança, compre poucas quantidades de fruta e legumes de cada vez, nas grandes superfícies, para não se estragarem, e se não os utilizar num período de 2 a 3 dias, congele os legumes e frutos que possam vir a ser utilizados em pratos cozinhados. Quanto ao peixe, muitas vezes a escolha mais segura para as crianças são os ultra-congelados.

Métodos de confeção 

Os métodos de confeção a utilizar para cozinhar de forma saudável para as crianças devem ser escolhidos por forma a permitirem aproveitar o melhor do valor alimentar dos produtos e evitarem doenças ou contaminações.

Como tornar os cozinhados mais saudáveis?

Os cozidos e os estufados devem ser os preferidos. Cozidos a vapor conservam mais propriedades nutritivas, mas se cozer os legumes em água, aproveite essa água para sopas ou como caldo para os estufados.

Fritos, assados e refogados devem ser consumidos menos regularmente.
Nunca ingerir ou dar às crianças as partes mais queimadas dos grelhados ou assados, uma vez que contêm substâncias com potencial cancerígeno.

Nunca refogar a cebola sozinha com o azeite. Adicionando mais legumes logo no início ou um pouco de água ou caldo de legumes (não de compra, caseiro) e cozinhando em fogo mais lento, torna o refogado mais saudável.

Retirar todas as peles e gorduras visíveis das aves ou carne.

As gorduras não devem ser excessivamente aquecidas e nos casos dos fritos, não devem ser reutilizadas,
Azeite é a melhor gordura para cozinhar. Também se pode utilizar o óleo de amendoim para fritar, mas os outros óleos (milho, soja, girassol) só devem ser consumidos crús.

Introduzir mais variedade de ervas aromáticas para temperar, reduzindo assim a quantidade de sal utilizado.
Evitar enlatados e caldos concentrados, uma vez que são fontes excesivas de sal. Se os utilizar, reduza ou restrinja a quantidade de sal adicionada aos cozinhados.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Creme de legumes

O meu creme de legumes, muitas vezes varia em função dos legumes disponíveis no frigorífico.

Gosto de fazer sopa para apenas 2 refeições, sei que dá mais trabalho, mas assim vou variando os sabores e os legumes.

Ingredientes:
1/2 cebola média
1 dente de alho
1 courgete grande
500g de abóbora
4 cenouras
1/2 repolho médio
azeite
sal q.b.

Modo de preparação:
Não há como enganar - cortar todos os legumes em pedaços pequenos, para a cozedura ser mais rápida, colocar numa panela, cobrir com água e deixar cozer até a cenoura ficar amolecida (sinal de que todos os legumes já estão cozidos). Se necessário adicionar mais água.
Temperar com sal e colocar azeite quando desligar o fogão.
Passar com varinha mágica, no liquidificador,...

Nota: A temperatura que deve ser evitada na cozinha é o morno, ou seja, deve guardar no frigorífico logo que possível, não deixar arrefecer fora do frigorífico pois há mais hipótese de se estragar.

Primeiro "cestinho"

Depois de um fim de semana atribulado, com festinha de aniversário do filhote e dos amiguinhos, noitada para fazer o bolo exatamente com queriam (sim, porque apesar de nutricionista dizem que tenho dotes de "pasteleira" e então os bolos com decoração dos filhos, amigos e afins são agora da minha responsabilidade, o que leva a horas na cozinha a brincar com pasta de açucar) as compras e as refeições para esta segunda-feira só foram feitas à noite, mas ficou tudo orientado.

Hoje de manhã, acordei antes de todos, tomei o meu pequeno-almoço em absoluto silêncio... ADORO!!! e mãos à obra!!!!!

Termos preparados, água a aquecer na chaleira, legumes para a salada lavados, arroz de frango e sopa de legumes já fora do frigorífico, prontos para serem aquecidos. Depois da água ferver, coloquei nos termos e deixei assim enquanto fui acordar o resto da família e preparar-me.

Já pronta, criançada a tomar o pequeno-almoço, aqueço a sopa e o arroz muito bem no micro-ondas, coloco depois nos termos, fecho-os e coloco-os dentro dos sacos térmicos. Bem quis os cestinhos, mas os filhotes boicotaram-me a ideia e preferiram sacos térmicos...

Tudo preparado, à porta, criançada pronta, chaves na mão... e aí vamos nós para a nossa aventura!!!!


Ementa de hoje: Sopa de legumes + Arroz de frango + Salada + Maçã

domingo, 6 de setembro de 2015

Fettuccine com salmão e brócolos

Simples, saudável e colorido!!


Os meus filhos gostam de sabores simples e pratos
pouco complicados e este é isso mesmo.

Ingredientes:
Fettuccine (também pode ser esparguete ou tagliatelle) para 4 pessoas
4 lombos de salmão (podem ser ultracongelados)
1 limão
1 flôr de brócolo
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta (se gostarem)

Modo de preparação:
Colocar os lombos de salmão, descongelados, numa travessa, temperá-los com sal e sumo de limão (e pimenta se desejarem). Levar ao forno, a 170-180ºC e cozinhá-los entre 12 a 15 minutos (não cozinhar demasiado, para não ficarem secos).
Cozer a massa al dente, em água com um pouco de sal. No final da cozedura escorrer bem, passar por água fria para retirar a goma, e colocar 1 fio de azeite. Envolver bem e reservar.
Escaldar os brócolos em água com um pouco de sal, mais ou menos 5 minutos. Não cozer muito tempo, para não ficarem muito moles e perderem a côr. Passar logo por água fria para parar a cozedura.
Envolver a massa, com o salmão desfeito em lascas e depois juntar os brócolos. Adicionar mais um fio de azeite.
Guardar no frigorífico.

NOTA: Para aquecer no micro-ondas: coloque a quantidade necessária numa taça ou numa tigela e tape com um prato, para o vapor não sair todo e a comida não secar. Aqueça bem.

sábado, 5 de setembro de 2015

Arroz de frango

A comida de "tacho" é nutritiva, reconfortante e prática para levar para a escola.

Não sou cozinheira de formação mas orgulho-me de ter passado bons momentos da minha infância na cozinha, com a minha mãe, uma excelente cozinheira, não de profissão mas sim de coração. O que faço na cozinha normalmente é juntar a experiência e os ensinamentos da mamã e os conhecimentos adquiridos na Faculdade, para manter os sabores sem esquecer o facto de que alimentação serve para nos nutrir e manter saudáveis e não deverá ser fonte de "doença".

Para 4 porções 
Ingredientes:
1 caneca de arroz vaporizado
2 peitos de frango e 1 coxa de frango sem pele
1/2 cebola picada
1 dente de alho picado
3 colheres de sopa de azeite
1/2 cenoura ralada
2 colheres de sopa de vinho branco
3 canecas de água a ferver
sal q.b.
Salsa ou coentros q.b. (se gostarem)

Modo de preparação:
Num tacho colocar a cebola, o alho, a cenoura e o azeite. Deixar a cebola ficar transparente e entretanto colocar o frango cortado em pedaços pequenos para a cozedura ser mais rápida. Adicionar o vinho, cozinhar 2 a 4 minutos e deixar evaporar o álcool. Juntar o arroz e a água a ferver e deixar cozinhar 15 a 20 minutos. Temperar com sal, mexer de vez em quando e adicionar mais água, se necessário. Retificar temperos. Juntar salsa ou coentros.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Ementa semanal... como organizar!!

Chegada sexta-feira, começo a organizar a ementa da semana seguinte.

Pontos ter em conta:
- ementa variada, alternando carne com peixe, e se possível acompanhar a ementa da escola, ou seja, os meus filhos levarem refeição de peixe em dias que na escola também vão servir peixe,... a tentação de pedir para trocar ou dizerem que não gostam é menor;
- otimizar recursos, tempo e dinheiro, fazendo refeições para toda a família - os filhotes levam para a escola e os pais almoçam a mesma refeição;
- a sopa é repetida almoço e jantar e durante o jantar já se prepara nova sopa para o dia seguinte;
- pratos que possam ser preparados com antecedência e depois congelados, tentar fazê-los ao fim de semana, para "poupar" tempo e paciência durante a semana.

Ementa Semanal

Segunda-feira: Sopa de legumes + Arroz de frango com salada + maçã

Terça-feira: Creme de feijão branco e repolho + Massa com salmão e brócolos + uvas (sem sementes)

Quarta-feira: Sopa de feijão verde + Coxas de frango em tomatada + puré + salada + pêssego

Quinta-feira: Creme de espinafres + Filetes de pescada no forno com arroz de ervilhas + maçã

Sexta-feira: Creme de brócolos + Esparguete à bolonhesa com espinafres + ameixas

Vou, durante o fim de semana, colocando as receitas dos pratos...


quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Crianças em idade pré-escolar - necessidades nutricionais

O meu filho tem 4 anos, super activo, bom garfo, mas com alguma seletividade alimentar: não gosta muito de leite, gosta mais de iogurte, é mais inclinado para fruta, pão, tostas, queijo, sopa, legumes (só brocolos), algum peixe e carne e adora ovos (cozidos para ele são um ótimo snack, mesmo na praia). Também é guloso, e tem de haver mais controle nas compras e no que temos disponível na dispensa, porque adora bolachas, bolachinhas (recheadas com chocolate ainda melhor), doces e a sua perdição - gomas... (as festas de aniversário são problemáticas, mas se tentarmos manter a restrição semanal, claro que pode comer estes "extras" em dias de festa). Tento sempre organizar o dia dele, conforme recomendações internacionais e nacionais, não impondo mas negociando por forma a que ele se alimente o mais saudavelmente possível... nem sempre ganho, mas vou insistindo.

As crianças em idade pré-escolar estão numa fase de rápido crescimento, são mais activas e começam a definir os gostos alimentares. Se durante a infância, as crianças tiverem contanto sensorial com uma grande variedade de alimentos, será mais fácil gostarem "de tudo", ou pelo menos, de desenharmos para elas uma alimentação saudável.

A alimentação saudável está assente em três princípios: deve ser completa, equilibrada e variada; e é facilmente representada pela nova Roda dos Alimentos.

Crianças em idade pré-escolar, com peso adequado à altura, saudáveis, devem ingerir diariamente entre 1300kcal (para crianças com 3 anos) e 1700kcal (para crianças com 6 anos) distribuídas pelos seguintes grupos alimentares:

Leite e derivados: 2 a 3 porções por dia (1 porção equivale a 250ml de leite meio gordo ou 1 iogurte líquido ou 1 iogurte e meio sólido ou 2 fatias finas de queijo (40g) ou 50g de queijo fresco)

Carne, pescado e ovos: 2 porções por dia (50 a 60g de carne magra (sem gorduras visíveis) ou 70 a 80g de peixe ou 1 ovo)
Nota: comer 1 vez por dia carne e 1 vez peixe, e possibilidade de alternar com ovos, até 3 vezes por semana)

Cereais e derivados e tubérculos: 4 porções por dia (1 porção equivale: 50g de pão, 3 colheres de sopa de arroz ou massa cozinhados, 1 batata de tamanho médio, 4 colheres de sopa de cereais de pequeno-almoço ou 6 bolachas tipo Maria/água e sal redondas)
Nota: preferir pão de mistura, de cereais, e os cereais de pequeno-almoço, preferir os integrais, não açucarados.

Gorduras: 1 porção por dia (1 porção equivale a 1 colher de sopa de azeite, 1 colher de sobremesa de manteiga ou margarina ou 4 colheres de sopa de nata (30ml))

Leguminosas: 1 porção por dia (1 porção equivale a 3 colheres de sopa de leguminosas secas (feijão, grão ou lentilhas) cozinhadas ou 3 colheres de sopa de leguminosas frescas (ervilhas ou favas))

Fruta: 3 porções por dia (1 porção equivale a 160g de fruta fresca)

Produtos hortícolas: 3 porções por dia (1 porção equivale a 1 chávena almoçadeira de legumes cozinhados ou 2 chávenas almoçadeiras de legumes crús)

Nota: fruta, produtos hortícolas e leguminosas são excelentes fontes de fibras alimentares, fundamentais para o bom funcionamento intestinal e prevenção de doenças degenerativas. O almoço e o jantar da criança deve começar sempre com um prato de sopa e terminar com uma porção de fruta, e o prato principal deverá ser acompanhado com leguminosas, legumes cozinhados ou salada.

A água foi introduzida no centro da  Nova Roda dos Alimentos, por fazer parte de quase todos os grupos de alimentos, e por ser indispensável à vida, deve ser ingerida diariamente e em abundância (até 1,5lt).

Espero que esta informação possa ajudar na elaboração dos planos alimentares dos vossos filhotes...

Fontes: www.dgs.pt , www.alimentacaosaudavel.dgs.pt